A GLTP reconhece a existência e a validade de outras Jurisdições Maçónicas, com diferentes formas de interpretação da Tradição e diferentes práticas de trabalho, com quem se propõe manter relações fraternais, ao nível institucional e pessoal, mesmo quando tal não seja possível no trabalho Ritual.

Ler mais

A Maçonaria é essencialmente uma Escola de Valores e uma prática de Fraternidade. O método maçónico apoia-se em símbolos e alegorias, contidas num RITO. O Rito é um conjunto coerente e integrado de Rituais para os diferentes momentos em que se estrutura o trabalho maçónico. O primeiro momento é a INICIAÇÃO, ritual destinado a marcar uma efectiva ruptura entre o estado profano e o caminho de pesquisa e aperfeiçoamento que o Iniciado vai prosseguir daí em diante.

Ler mais

A 4 de Setembro de 1929, a Grande Loja Unida de Inglaterra definiu as oito "condições" nos termos das quais podia reconhecer a regularidade de uma Grande Loja estrangeira. De uma forma geral as Potências Maçónicas do Norte da Europa seguiram-na nesta formulação, sem que tenha alguma vez havido uniformidade. Na realidade só as três “Home Grand Lodges” Inglaterra, Escócia e Irlanda, permaneceram alinhadas em todas as ocasiões.

Ler mais